Home » Arquivo de conteúdo » Nova Iguaçu ganha Sala SESI Matemática

Nova Iguaçu ganha Sala SESI Matemática

Nova Iguaçu ganha Sala SESI Matemática

A Matemática, vista como “bicho-papão” pela maioria dos estudantes, ganhou um aliado de peso na Baixada Fluminense. É a Sala SESI Matemática da Escola SESI de Nova Iguaçu, inaugurada nesta quinta-feira, 24 de julho. O espaço é parte do programa SESI Matemática, iniciativa do Sistema FIRJAN para promover o ensino de Matemática nas escolas através da tecnologia e que já vem sendo aplicado com sucesso para estudantes das redes de educação SESI/SENAI e do Ensino Médio da rede estadual de escolas públicas. Escolas públicas de Nova Iguaçu, inclusive, também contam com a Sala. O programa associa modernas práticas educacionais a recursos tecnológicos, como games online.

Durante a inauguração da Sala as ferramentas do programa foram apresentadas aos convidados pelo professor da Escola SESI Edson Queiroz. “O aluno joga, brinca e aprende, sempre acompanhado em tempo real pelo professor, através de relatórios e gráficos de desempenho individual ou por turma. Assim identificamos as deficiências deles”, explica Edson, que recebeu capacitação e certificação para aplicar o conteúdo do programa aos alunos.

 

A Sala SESI Matemática conta com um carrinho móvel com 40 laptops touchscreen que se transformam em tablets, kit SESI Matemática com figuras geométricas, jogos de raciocínio lógico e livros, projetor, lousa digital, quadro branco e mobiliário diferenciado.

O espaço será usado por 220 alunos matriculados na Escola SESI, do 6º ano fundamental até o 2º ano do Ensino Médio que já participam do programa. Os alunos receberam senhas pessoais para acesso ao site de qualquer dispositivo com acesso à internet. “Propomos atividades para casa em formato de games, em uma linguagem acessível aos alunos, que eles conhecem e gostam”, contou o professor Edson. A aluna Morgana Leandro, do 1º ano do Ensino Médio já usa o programa e aprova. “É muito interativo e fácil de usar. O dever-de-casa virou brincadeira”, contou Morgana, que apresentou os jogos aos convidados através da lousa digital.

Carlos Erane de Aguiar, presidente do Conselho Empresarial da FIRJAN na Baixada Fluminense Área I e presidente do conselho da Condor Tecnologias Não-letais, esteve na inauguração e falou sobre o programa. “A indústria não é nada sem cabeças pensantes, sem técnicos e sem engenheiros. E formar esse material humano  passa pelo estudo das ciências exatas e raciocínio lógico”.

Também estiveram presentes presidentes e diretores de outras grandes empresas da Baixada Fluminense como Granfino, Compactor e Niely. “No meu tempo aprendíamos apenas com o quadro negro e giz. Mas o mundo mudou e esse tipo de ação mostra que o SESI está acompanhando essas mudanças”, disse Cesar Moreira, presidente da Usimeca.

Celeste Coelho, analista de educação do Sistema FIRJAN, apontou o futuro do SESI Matemática. ”Todas as escolas SESI do estado já utilizam o programa e a meta é, até 2016, levar esse programa a 100% da rede estadual do Rio de Janeiro. Está prevista a expansão para outros estados também e alguns municípios nos procuraram para convênios, como Petrópolis”.

O programa SESI Matemática pretende formar adultos mais críticos e com o raciocínio lógico bem desenvolvido, o que terá impacto direto na formação de profissionais bem qualificados, prontos para atuarem no mercado de trabalho cada vez mais competitivo. Pesquisa realizada em 2011 pelo Sistema FIRJAN com mais de 600 empresas de todo o país, revelou que a falta de competência matemática e de raciocínio lógico são graves deficiências apresentadas pelos trabalhadores atuais, o que resulta na falta de profissionais qualificados para atuar nas empresas, principalmente nas áreas ligadas às ciências exatas. A Matemática é também a base para inovação, fundamental para o desenvolvimento econômico e social de um país.

 

Saiba mais sobre as iniciativas do programa:

Games – Além dos jogos, a plataforma oferece 60 mil questões sobre a disciplina. O conteúdo está disponível em ambiente web e por isso pode ser acessado de qualquer lugar, a todo momento. Os professores podem acompanhar a evolução dos estudantes de forma integrada e em tempo real. O material foi desenvolvido pela empresa Mangahigh, com a metodologia SESIeduca, do SESI Rio. Terão atualizações a cada ano, sempre em português.

Kits SESI Matemática – Desenvolvido pelo SESI Rio, é composto pelos games, materiais concretos, manual do docente e bibliografia básica. Os kits são disponibilizados a todas as escolas participantes do programa.

Sala SESI Matemática – São equipadas com lousas digitais; 40 laptops; projetor; quadro branco; mobiliário adequado; e com o kit SESI Matemática. Atualmente, 30 escolas estaduais e cinco escolas SESI do estado do Rio possuem a Sala. A previsão é de que seja instalada em todas as escolas SESI Rio e em cerca de 10% das escolas estaduais de ensino médio do estado, de forma gratuita. Porém, o kit SESI Matemática é disponibilizado a todas as escolas participantes do programa.

Casa SESI Matemática – A previsão é de que seja inaugurada em 2016, na Barra da Tijuca. Ocupará espaço de 9.300 m² e será o centro do programa – local de produção e disseminação de conteúdo e de novas formas de ensino da disciplina. Aberta à visitação pública, pretende explorar, de forma lúdica e interativa, a Matemática e sua relação com o dia a dia. A partir de exposições permanentes e temporárias, apresentará a Matemática como conhecimento indispensável à condição humana e sua evolução ao longo do tempo, contribuindo para a sua democratização. Terá também espaços para a formação permanente de professores e aulas interativas.

 

Formação continuada de professores – Como são os principais agentes de transformação no aprendizado, sua formação pretende atualizar e incentivar a adoção de atividades que contribuam para o desenvolvimento dos seus alunos. A formação, oferecida de forma presencial e à distância, tem coordenação pedagógica do SESI Rio e contempla 13 módulos que cobrem todo o conteúdo do Ensino Médio do currículo nacional do MEC. A partir de 2014 essa formação também estará disponível gratuitamente para qualquer professor, em todos os estados do Brasil, através do portal do SESI Matemática.

Sistema de avaliação e acompanhamento pedagógico – Para garantir a qualidade dos resultados, o programa conta com um sistema de avaliação, desenvolvido com acompanhamento pedagógico do SESI Rio, nas seguintes etapas: sistema de avaliação diagnóstica e de impacto; sistema de acompanhamento do desempenho de estudantes nos games online; monitoramento do desempenho dos estudantes no SAERJ (Sistema de Avaliação de Educação do Estado do Rio de Janeiro); sistema de acompanhamento de formação continuada de docentes; supervisão técnico-pedagógica nas escolas participantes.

 

Mais informações sobre o SESI Matemática podem ser obtidas através do endereço  www.firjan.org.br/sesimatematica.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *