Home » Baixada Interativa » Humor: Cadê a Água Cabral?

Humor: Cadê a Água Cabral?

— Isso é uma vergonha pra nossa cidade e pro Brasil. Vocês são um bando de vagabundo que vem pra ca todo dia botar terror na porta do governador. No tempo da revolução vocês ia sair tudo daqui debaixo de porrada!

Bradou Targildo José acompanhado de sua mulher Jovinilza ao passarem pela a Avenida Delfim Moreira e se depararem com dezenas de pessoas acampadas em frente à casa do governador.

— Que conversa fiada é essa meu tio? Nós tamo se manifestando pra mudar o país! (disse um gordão com capuz e óculos de sol)

—Que mudar o país coisa nenhum. Pra mim vocês são tudo um bando de ladrão que sai pra rua pra quebrar porta de banco, arrobar loja, fazer um monte de merda. No tempo dos mili…

— Cala boca porra! (retrucou o gordão) Tu deve ser um desses PM que se infiltra na manifestação ou então é repórter de televisão disfarçado, mas aqui num vai arrumar nada cumpadi!

— Que PM coisa nenhuma, eu sou um brasileiro que… (Targildo não completou o que iria dizer, pois o sujeito subiu em um hidrante e se pôs gritar)

— Alô galera, esse cara aqui disse que sabe onde ta o Amarildo!

Targildo até que tentou correr, mas os manifestantes partiram em sua direção e pra seu azar, na fuga, sua mulher deixou cair uma garrafa PET:

— Coquetel molotrofe! (gritou alguém)

A referência Coquetel Molotov foi a gota que faltava para os policiais dispararem balas de borracha pra tudo que é lado, borrifar spray de pimenta, atirar bombas de gás e meter a porrada em todo mundo.

O casal foi preso e apresentado à imprensa como integrantes de um grupo terrorista em ação no Brasil.

Porém, após minucioso exame, os peritos descobriram que tal garrafa não continha à mistura de um Coquetel Molotov, era apenas água.

Targildo e a esposa eram componentes de uma caravana vinda da Baixada Fluminense. Foram assistir ao Papa, mas embarcaram em um ônibus errado e foram parar no Leblon. O pior foi que na confusão a garrafa desapareceu.

Agora, além de dar conta do pedreiro Amarildo, o governo está sendo pressionado para que diga onde está a garrafa e a água, que segundo o cara fora abençoada pelo Santo Padre.

Desolada, a dupla juntou-se aos manifestantes e agora todos os dias está à porta do governador portando uma faixa onde se lê: “CADÊ A ÁGUA CABRAL?”.

Fernando Zappa

Comentários (1)

  1. Antonio Dantas disse:

    a AGUA e muito mais ……

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *