Home » Duque de Caxias » Duque de caxias: População aprova Feira Popular da Agricultura Familiar na Praça Humaitá

Duque de caxias: População aprova Feira Popular da Agricultura Familiar na Praça Humaitá

A Feira Popular da Agricultura Familiar da Praça Humaitá, no Centro de Duque de Caxias, vem caindo no gosto do público a cada edição – às segundas quartas-feiras de cada mês. Quem passa pelo local tem uma variedade de produtos espalhados pelas 29 barracas montadas no local. Projeto do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) em parceria com a secretaria municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, de Desenvolvimento Social e com a Empresa de Assistência Técnica de Extensão Rural (Emater), a feira reúne agricultores e artesãos ligados à economia solidária, comunidade indígena, calçados e acessórios.

“A realização das feiras populares da agricultura familiar é fundamental para economia local, pois temos a movimentação da produção de agricultores e artesãos do município”, explicou Caroline Morgado, do Departamento de Segurança Alimentar (Desans) – responsável pela elaboração do projeto, relatório e monitoramento de tudo o que está sendo vendido.

As representantes da secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, Marcela Monteiro e Renata Briata, e o de Desenvolvimento Social, Clayton Morgado, acompanharam a movimentação e destacaram o apoio da população. “Todos têm elogiado a realização da feira popular na Praça Humaitá. Além da oferta de produtos, as pessoas têm elogiado a ocupação da praça que fica ociosa durante a semana”, afirmou Marcela.

Com uma produção bem diversificada, com aipim, hortaliças, banana e batata doce entre os principais produtos, Severino Francisco da Silva é um sucesso de vendas nas feiras que participa e não tem sido diferente na Praça Humaitá. “Com uma hora de trabalho já vendi praticamente 60% da produção que eu trouxe. Esse apoio que a prefeitura tem dado aos produtores tem sido fundamental”, comentou o produtor rural de Duque de Caxias, que também participa das feiras do Caxias Shopping e da economia solidária na Praça Roberto Silveira.

A artesã Maria José Santana também comemorou a oportunidade de divulgar o trabalho que realiza há aproximadamente dois anos, quando deixou o ofício de costureira. “A feira popular é a oportunidade que nós artesãos temos de mostrar o nosso trabalho para população, que na maioria das vezes o desconhece. Em outras cidades como Conservatória e São Lourenço essa é uma atividade mais expandida e divulgada. Agora que estamos começando a crescer em Duque de Caxias graças ao incentivo dado pela prefeitura”, disse.

A necessidade de se ter mais feiras populares da agricultura familiar já era observada por Iveta Lopes, de 70 anos. “É ótimo termos uma atividade como essa aqui pela praça. Sempre comentava com as minhas amigas que faltada uma feira em Caxias como as que vejo pelo centro e zona sul do Rio de Janeiro. Pretendo vir todo mês”, afirmou a moradora do bairro 25 de agosto.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *