Home » Notícias » Cidadania » Prefeitura de Duque de Caxias adere a programa federal de combate ao crack

Prefeitura de Duque de Caxias adere a programa federal de combate ao crack

Prefeitura de Duque de Caxias adere a programa federal de combate ao crack

crackO Prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso e as secretárias de Educação, Marluce Gomes, Assistência Social, Cláudia Peixoto e Ações Institucionais e Comunicação, Tatyane Lima, participaram na manhã desta segunda-feira (18/2), no auditório do Banco do Brasil, no centro, de uma videoconferência de apresentação do programa “Crack, é possível vencer“ do governo federal. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em Brasília destacou a importância do projeto enfatizando que todas as suas etapas devem ser cumpridas para que os municípios possam vencer essa guerra contra o crack.

 

Entre as fases do programa, o ministro chamou a atenção para a participação dos secretários de Saúde, Assistência Social, Direitos
Humanos e Segurança para o atendimento na ponta, onde estão os dependentes, nas casas de acolhimento, nos hospitais conveniados e nos CAPS. Padilha lembrou a importância da articulação entre os governos federal, estadual e municipal, e garantiu o repasse de verbas aos municípios e de equipamentos, como determinou a presidente Dilma Rousseff, que já destinou R$ 4 bilhões para o programa até o ano que vem.

O Programa

O governo federal traçou estratégias para o combate ao crack. E o começo é a prevenção. Para isso, cursos de capacitação são oferecidos. São cursos presenciais e a distância dirigidos a diferentes públicos. Educadores de escolas públicas, profissionais da área da Saúde, Assistência Social e Segurança Pública, juízes, promotores e servidores do Poder Judiciário, conselheiros municipais e gestores de comunidades terapêuticas são o público alvo destes cursos que preparam para a prevenção do uso de drogas, acompanhamento, tratamento e reinserção social dos dependentes e repressão ao tráfico de entorpecentes.
Os cursos presenciais também são oferecidos em 52 centros de referências regionais (CRRs) espalhados por todo país. Ligados a
instituições públicas de Ensino Superior, os profissionais são capacitados pelos cursos e darão continuidade e sustentabilidade ao
Programa Crack, é Possível Vencer, uma vez que a população poderá contar com profissionais aptos a prestarem serviços confiáveis e atualizados na área de drogas.

Duque de Caxias contra o crack

A prefeitura de Duque de Caxias já decidiu participar do programa e na próxima quarta-feira (20/02,) haverá uma reunião com os secretários envolvidos no programa para definir um grupo de gestão que irá apresentar até o dia 15 de março, um plano de ação através de projetos ao ministério da Saúde.  Até junho o governo federal irá iniciar o processo de liberação de verbas e de equipamentos para os projetos aprovados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *