Home » Notícias » Cidadania » Mesquita oferece curso de cidadania para catadores

Mesquita oferece curso de cidadania para catadores

Reconhecimento e luta por melhorias no trabalho e nas condições de vida são lutas dos catadores de materiais recicláveis. A ONG Pangea – Centro de Estudos Socioambientais, em parceria com a secretaria de Meio Ambiente (Semuam), promoveu um curso de Organização Política Econômica Solidária e Cooperativismo para os catadores de materiais recicláveis do município, no auditório Zelito Viana, nesta segunda-feira, dia 3 de janeiro. O objetivo da capacitação foi dar mais conhecimento sobre a situação do movimento social para os catadores.

 

O curso foi ministrado pelo técnico Paulo Medeiros, que faz assessoria para o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR). Ele deu os dois primeiros módulos de oito do curso do MNCR. No módulo I, os temas foram a origem das desigualdades sociais; a história do catador no Brasil; o que é o MNCR e os desafios dos catadores no país. No segundo módulo, foi abordado as origens e a história da Economia Solidária e do Cooperativismo; autogestão e trabalho associado.

 

Os participantes receberam cartilhas de formação e também assistiram a um vídeo sobre o fechamento do lixão de Gramacho e o que mudou na vida das pessoas que trabalhavam no local. Para o palestrante, a principal luta hoje é pela formação política da classe. “A gente faz um trabalho pela formação política desse público, porque a luta não é só pela sobrevivência, é preciso conhecer a causa e os conceitos, as reivindicações. Então, para o movimento, a qualificação profissional e a formação dessa consciência política são os principais desafios, sem isso é difícil avançar nas questões sociais para os catadores, afirma Paulo Medeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *