Home » Agenda Cultural » Casa de Cultura de Nova Iguaçu apresenta exposição “Abstracionismo”

Casa de Cultura de Nova Iguaçu apresenta exposição “Abstracionismo”

Seguindo com a política de valorização dos artistas locais, a Secretaria de Cultura de Nova Iguaçu promove, até o próximo dia 31 de julho, a exposição ‘Abstracionismo’, na Casa de Cultura.  A mostra é a quarta a ocupar o espaço este ano, e reuniu, junto com “Artiguassu”, “O Universo Feminino nas Artes” e “Artiguaçu Contemporânea” mais de 1200 visitantes, comprovando que, mais do que um celeiro de artistas, o município possui um público conectado às diversas formas de arte.

De acordo com o curador da exposição e subsecretário Municipal de Cultura e Turismo (Semctur), Antônio Filipack , a mostra, em cartaz na Galeria Mauro Azeredo, teve como objetivo inicial formar público e reconhecer o engajamento de artistas da região. “É possível dizer, sem rodeios, que há um público ávido por atividades culturais de qualidade, e arrisco-me a afirmar pela taxada arte erudita. Nova Iguaçu respira maturidade e seus artistas, em plena atividade, esbanjam um currículo representativo de grandes centros culturais do país”, disse.

Inaugurada no último domingo, dia 15/07, a exposição apresenta aos visitantes pinturas abstratas dos artistas plásticos Daruich Hilal, Adria DiPaula, Luiz Papa, Zé Ronaldo, Eduardo Souza e Henrique Lemos. “Para nós artistas, é uma dádiva poder expor em nosso município e ver o poder público nos procurando. Em termos culturais isto é ótimo!”, comentou Adria DiPaula.

A exposição ‘Abstracionismo’ está aberta à visitação de segunda a sexta-feira, entre 9h e 18h, na galeria Mauro Azeredo, que fica na Casa de Cultura de Nova Iguaçu. Endereço: Rua Getúlio Vargas, 51, Centro. Entrada franca.

Abstracionismo

O abstracionismo teve o seu apogeu nas vanguardas europeias no início do século XX. Mais de cem anos se passaram e hoje, pode-se garantir que ainda é uma arte de grande beleza e inspiração.

Entre as maiores referências está a pintura expressionista , avançando em duas outras escolas: o cubismo e o futurismo, divididos em abstrato informal e geométrico. Entre os representantes mais famosos estão Oscar Niemeyer e Francis Bacon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *