Home » Agenda Cultural » Ed Motta canta sucessos no Sesc Nova Iguaçu, no dia 24/1

Ed Motta canta sucessos no Sesc Nova Iguaçu, no dia 24/1

img-1000874-ed-mottaConhecido pelo balanço e pelo suingue de suas canções, o cantor, compositor e multi-instrumentista Ed Motta reaparece mais intimista no show que o Sesc Nova Iguaçu oferece ao público no dia 24 de janeiro (sexta-feira), às 20h, com ingressos a preços populares: R$ 5 para associados do Sesc e R$ 20 a inteira. Sozinho no palco, revezando-se no piano e na guitarra, ele apresenta canções que marcaram a sua carreira como “Colombina”, “Fora da lei”, “Daqui pro Méier”, “Manuel”, “Cidade nua” e “Vendaval”, entre outras. Também estão incluídas no set list clássicos internacionais, como “Ebony eyes” (de Rick James e Smokey Robinson).

 

Nascido no Rio, em 1971, Eduardo Motta cresceu rodeado por música. Sobrinho do criador de um soul com sotaque brasileiro e carioca, o cantor e compositor Tim Maia, ele tem como primeiras lembranças a música do tio, os discos de samba-canção e bossa nova que seus pais ouviam. Despontou no fim dos anos 80, como o vigoroso cantor e um dos compositores e produtores do Conexão Japeri, uma sensação instantânea com canções como “Manuel” e “Vamos dançar”, músicas que até hoje são obrigatórias em seus shows.

 

Em seguida, partiu para carreira solo, lançando os discos “Um contrato com Deus” (1990) e “Entre e ouça” (1992). Em 1994, foi morar em Nova York. Na volta ao Brasil, experimentou de tudo: compôs e gravou com Aldir Blanc, no disco “50 anos”; fez a trilha sonora para o longa-metragem “Pequeno dicionário amoroso” (direção de Sandra Werneck) e também compôs e gravou comerciais para a TV.

 

Em 1997, lançou o CD “Manual prático para festas, bailes e afins”, provando que é possível fazer música pop e comercial de qualidade. Do disco, vieram os sucessos “Daqui pro Méier”, “Fora da lei” e “Vendaval”. Três anos depois, produziu novo álbum “As segundas intenções do ‘Manual prático’” e, em 2001, lançou “Dwitza”. Paralelamente produziu, ao lado de Nelson Motta, a trilha sonora do longa-metragem “A partilha”, filme dirigido por Daniel Filho.

 

Entre 2001 e 2003, ano de lançamento de “Poptical”, a carreira internacional de Ed Motta decolou de vez. Nesses dois anos, fez o circuito completo dos clubes Blue Note do Japão e esteve várias vezes na Europa. Deste álbum, veio o sucesso de “Tem espaço na van”. Atualmente, soma 12 álbuns gravados.

 

Sem abrir mão da veia funk-soul, Ed Motta mistura influências que vão do jazz à canção brasileira, das trilhas sonoras de Hollywood ao rock, da música clássica aos standards americanos, da bossa nova ao reggae. Em estúdios e palcos, também já trocou experiências com músicos como Roy Ayers, Chucho Valdés, Jean-Paul “Bluey” Maunick (líder do Incógnito), Paul Griffin, Bernard Purdie, Bo Diddley, Ed Lincoln, Marcos Valle, João Donato, entre outros.

 

Serviço

Show de Ed Motta

Sesc Nova Iguaçu: Rua Dom Adriano Hipólito, 10. Tel.: 2797-3001

24/1/2014 (sexta-feira)

20h

Ingressos: R$ 5 (associados Sesc Rio), R$ 10 (meia entrada), R$ 20 (inteira)

Classificação: 16 anos

Capacidade: 384 lugares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *