Home » Queimados » Mudanças em ruas do centro de Queimados

Mudanças em ruas do centro de Queimados

Com o objetivo de desobstruir o fluxo no centro de Queimados e melhorar o acesso a vias de grande movimento, a prefeitura está reorganizando o trânsito em diversas localidades. Duas importantes ruas no centro tornaram-se mão única no último mês e conquistaram a aprovação da população. Uma delas, a Rua José Maria Coelho, passou a ser usada em único sentido para Irmãos Guinle. Já a Rua Mesquita, que fica no bairro São Roque, passou a ser mão única, a partir da Estrada dos Caramujos até a Rua Paracambi. A intenção da Secretaria Municipal de Segurança, Transporte e Trânsito (Semusttran) é que o fluxo acompanhe o crescimento da cidade.

 

O secretário da pasta, Capitão Elias José, destaca que as vias que passaram a ser mão única também adotaram uma nova regra importante, a proibição de estacionar do lado esquerdo da rua. “A rua José Maria Coelho tem uma questão muito séria que são os caminhões que precisam, todos os dias, transitar e descarregar produtos a serem comercializados em um supermercado com o seu estacionamento e depósito localizado na via. Os carros estacionados dificultam e até impedem a sua manobra”, alerta o secretário. O estacionamento de veículos, automotores e ciclomotores, só pode ser feito do lado direito da via e no sentido Avenida Irmãos Guinle, ficando o lado esquerdo apenas para carga e descarga. Os veículos pesados com destino ao galpão do supermercado devem acessa-lo pela Rua Alcindo Bulhões Paes.

 

A medida executada pela secretaria entrou em vigor a pouco mais de um mês e a população aprovou sem resistência. O motorista há mais de 30 anos, Francisco Carlos, trabalha para uma empresa de bebidas que faz entregas semanalmente no supermercado e diz que a medida só beneficiou quem transita por lá. “Constantemente tinha problemas para fazer as manobras e a transformação para mão única acabou com esta dor de cabeça. Mas ainda tem ‘engraçadinhos’ entrando na mão errada, que perecem ignorar o novo emplacamento e os guardas que permaneceram orientando aqui nas primeiras semanas”, destacou.


Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *