Home » Queimados » Queimados realiza sorteio de casas das 220 unidades do ”Minha Casa, Minha vida”

Queimados realiza sorteio de casas das 220 unidades do ”Minha Casa, Minha vida”

Mais 220 famílias contempladas pelo programa “Minha Casa, Minha Vida” em Queimados já estão em contagem regressiva para ver o sonho da casa própria se tornar realidade. Nesta sexta-feira, 17 de agosto, a Prefeitura de Queimados em parceria com a Caixa Econômica Federal, realizará o sorteio para a escolha da unidade habitacional do condomínio Residencial Senador Paulo Duque, localizado no bairro Belmonte, às 10h, na quadra do ginásio da Escola Municipal Metodista.

O município de Queimados foi o primeiro da Baixada Fluminense a ter assinado convênio de construção de unidades habitacionais com o programa “Minha Casa, Minha Vida”. Para a subsecretária municipal de Habitação, Ruth Costa, a oportunidade de oferecer uma vida mais digna aos queimadenses é questão de cidadania. “Ao todo serão beneficiadas mais de 4 mil famílias e só no Condomínio Valdariosa foram construídos 1.500 apartamentos divididos em três fases, todos já entregues. A qualidade de vida e, em especial, a casa das pessoas é uma questão social primordial para toda a cidade de um modo geral”,  enfatizou Ruth.

Todas as casas contam com sala, dois quartos, banheiro, cozinha, área de serviço, além de áreas privativas nos fundos e na frente, sendo autorizada assim a permanência de animais de pequeno porte. A subsecretária destaca ainda que as duas áreas privativas podem ser utilizadas de acordo com a escolha do proprietário. É possível utilizá-las como garagem e até mesmo como espaço para abrigar bichos de estimação, desde que sejam somente animais de pequeno porte como gatos e cachorros.

Os critérios estabelecidos pelo Ministério das Cidades garantem que pessoas com deficiência, mulheres chefes de família, assim como as que estão sendo beneficiadas pelo Programa Auxílio-Moradia (moradores de áreas de risco), terão garantidos os seus imóveis, respeitadas as proporções legais. Aos idosos serão destinados 10% e os deficientes ficarão com 5%.

 

Assessoria de Imprensa – PMQ